Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
Posts mais comentados
27
Abr
11

Alimentos Biológicos

 

 

publicado por os4bananas às 09:45
06
Abr
11

Nós não temos muito jeito para escrever este tipo de coisas , MAS temos mesmo de agradecer aos nossos visitantes pois sem eles não éramos nada.Atingimos uma nova etapa:250 visitas!!!

 

Obrigado visitantes de:

- Portugal

- EUA

- Alemanha

- Brasil

- Coreia do Sul

- França

- Formosa

- Índia

- Finlândia

- Região Ásia/Pacific

- Irlanda

- Canadá

- China

- Républica Checa

- Macau

- Maldivas

- Espanha

- Noruega

- Nova Zelândia

- Reino Unido

- Roménia

- Bósnia Herzegóvina

- Gana

- Eslovénia

- Bulgária

- Hungria

- Turquia

 

Obrigado!!

 

Ass:os4bananas

 

 E continuem a visitar o nosso blog

os4bananas.blogs.sapo.pt

publicado por os4bananas às 09:21

Alimentos biológicos crus ou ao vapor são «a melhor dieta»

 

Os produtos biológicos, consumidos crus ou cozinhados ao vapor, são «a melhor dieta», porque, graças a este tipo de alimentação, é possível prevenir e curar doenças, disse um especialista em alimentação biológica e nutriterapia.
Diferente da nutrição, a nutriterapia «é uma terapia feita através da escolha dos alimentos», que, ao ter em conta as características específicas de cada alimento, pode «prevenir, mas também curar, várias doenças», explicou Jean-Claude Rodet, co-fundador da Associação Internacional de Nutriterapeutas e da Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (AGROBIO).

De acordo com este especialista, o estudo dos alimentos e das suas características «é já muito antigo» e nasce com Paracelso, um médico que viveu entre os séculos XV e XVI e que desenvolveu o conceito de terapia através dos alimentos, da sua forma e da cor. «A beterraba vermelha, pela sua cor, faz lembrar o sangue e, na realidade, este alimento ajuda quando existe uma situação de anemia. As unhas-do-diabo, uma planta, parecem dedos tortos e, na realidade, têm propriedades para curar as deformações articulares das mãos», exemplificou Rodet, que também dirige o Instituto de Saúde Natural, de Montreal, Canadá.

«O feijão tem a forma de um rim e hoje sabemos, através de pesquisas científicas, que o feijão pode curar várias doenças do rim», acrescentou.

Jean-Claude Rodet não tem dúvidas de que «a maioria das doenças pode ser curada através dos alimentos», embora haja situações «em que já é tarde demais para qualquer tratamento». «Mas isso também acontece com os medicamentos farmacêuticos», salientou.

Para levar uma alimentação saudável e saber usar os alimentos na prevenção de doenças, é preciso, no entanto, saber algumas regras. «É preciso identificar as fraquezas do organismo e depois fortalecê-lo através de alimentos naturais, biológicos, na maioria crus, e depois escolher alimentos específicos para cada doença», explicou, acrescentando que esse é um trabalho que deve estar nas mãos de um nutriterapeuta. Para além da importância da escolha dos alimentos, Rodet explicou que é preciso depois saber prepará-los, ter «cuidado» com o processo de cozedura e com a sua conservação.

Para este especialista, não há dúvidas de que a cozedura a vapor é a forma mais saudável de preparar os alimentos porque é a que melhor preserva as suas propriedades, e desaconselha a fritura, o «barbecue» e a grelha. «Quando os alimentos são carbonizados ou caramelizados já são tóxicos. Não são saudáveis», disse.

Jean-Claude Rodet não exclui o consumo de carnes vermelhas, porque «faz parte da diversidade dos alimentos», mas defendeu que deve ser ingerida em pequenas quantidades, no máximo uma vez por semana, porque é «acidificante e provoca um desequilíbrio acidobásico do organismo, que pode causar doenças generativas». Já no que diz respeito ao peixe, Rodet aconselha o seu consumo cru, «com sumo de limão por cima», senão cozido ao vapor, no forno ou estufado.

Apesar de referir estas regras gerais, o especialista defende a individualização da alimentação, ou seja, um tipo de dieta em que são levadas em conta as características físicas específicas de cada pessoa e o seu estilo de vida, pois cada um tem necessidades alimentares próprias. Jean-Claude Rodet tem a certeza de que esta é uma tendência alimentar que veio para ficar e que se está perante «uma viragem ecológica que não é uma moda, mas uma tendência de futuro».

 

publicado por os4bananas às 09:01
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Muito Apetitoso! Vejam também o nosso blogue sobre...
blogs SAPO